Copos reutilizáveis ecológicos a querer contrariar a tendência dos festivais

02/11/2014

São já várias as marcas portuguesas que pretendem alterar o rumo dos festivais de música procurando que estes se tornem cada vez mais ecológicos e assim seguir uma tendência internacional.

 

Estas tentam que a utilização de copos reutilizáveis e recicláveis se fixe nos nossos comportamentos, ao invés dos copos de plástico (que demoram cerca de 400 anos a degradar-se no meio ambiente), permitindo assim, entre outros factores, que o lixo presente nestes eventos seja reduzido até 80%, diminuindo proporcionalmente as despesas com limpeza, assim como se potencia a imagem e valorização de um evento através de “green marketing” aos promotores. Os copos, sendo personalizáveis, funcionam também como uma recordação de diferentes momentos para os festivaleiros.

 

Daqui surgem as questões: serão estes copos capazes de rivalizar com o plástico produzido pelas grandes marcas de cerveja, que apresentam um produto mais prático por ser descartável para o público? Ou terão de ser estas e outras grandes marcas a alterar o paradigma e absorver estas práticas para enraizar novos comportamentos no público?

 

Em 2014, os festivais: MED, Andanças, Fatt Didgeridoo, Folk Celta entre outros, alertados por esta problemática, implementaram já na sua logística este tipo de copos para o seu público. Tudo indicando que a tendência será de aumento em 2015.

 

Info e fonte empresas:

Bio Poli:  www.biopoli.com

Eco Kopo: www.ecokopo.com

 

 

Please reload

Notícias em destaque

Continuamos de luto pelos que não aguentam e numa morte lenta os que aguentam

November 25, 2020

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo