Transportes como forma de angariação de público. Entrevista a Artur Veloso Vieira (diretor Ala Viagens)

20/10/2015

As parcerias criadas entre festivais de música portugueses e meios de transporte têm sido potenciadas de ano para ano. Não basta agora uma hipótese, mas sim que cada festival ou empresa de transportes consiga angariar mais público e dar a este mais do que uma solução e tentar assim a sua satisfação a médio-longo. A APORFEST foi falar com um dos diretores de uma das empresas com soluções específicas de transportes para festivais, a ALA Viagens.

 

APORFEST: A ALA Viagens tem promovido muito da sua atuação junto do público dos festivais de música [ALA Festivais]. Em 2015, realizou parceria​s​ oficiais com o Nos Alive, Super Bock Super Rock, Musa Cascais​, entre outros eventos​. Como conseguiram encontrar um equilibrio no serviço para os diferentes tipos de público que estes festivais têm?
​Artur Vieira, ALA Viagens: O nosso serviço de transporte pretende ser a solução universal, económica e prática para os amantes de música de todo o país poderem deslocar-se para os grandes eventos culturais e de música. Apesar de abrangermos cada vez mais eventos, o serviço que oferecemos é cada vez mais diferenciado - isto é, adapta-se às características particulares de cada evento, de acordo com a sua localização, horários e programação. Assim sendo, encontrámos o equilíbrio entre os diferentes tipos de público através da oferta de um serviço diferenciado e dedicado totalmente ​ao cliente final.​

Como se diferenciam de outras redes de autocarros e outros serviços transportes (e.g. CP,  viagens aéreas low cost)?
​O nosso serviço diferencia-se por uma adaptação total ao evento em causa. Não é necessário tomar transportes intermédios, preocupar-se com conduzir madrugada dentro ou ter o receio de perder o transporte no final do evento. O preço é sempre muito inferior às alternativas concorrentes. No caso particular de alguns eventos, como o Nos Alive, a nossa oferta distingue-se ainda por ser a mais abrangente, com partida de mais de 25 cidades de Norte a Sul do país.


​​Como é feito o "pós-venda" na vossa área de atuação? Ou seja, como fidelizam o frequentador dos vossos serviços que passado alguns anos, se poderá interessar por outras opções de transporte a um festival?
​A nossa estratégia de fidelização assenta em darmos prioridade à atenção total ao cliente - durante o serviço e posteriormente. Após cada evento, inquirimos todos os clientes, e temos tido o privilégio de mais de metade fazer questão de nos dar o seu feedback, o que favorece muito a nossa visão de melhoria contínua. É por essa via que conseguimos que o cliente acabe por optar por dar preferência ao nosso serviço face a outras alternativas.

 

Já estão a planear o ano de 2016? 
​Sim. Esperamos, em 2016, continuar a melhorar a qualidade do nosso serviço, e oferecer a nossa solução de transporte para um número recorde de eventos. Adicionalmente, estamos a preparar novas ofertas e soluções para os próprios organizadores de festivais que lhes permitam integrar o nosso transporte como um factor adicional de diferenciação do seu evento.

 

Como poderão os festivais portugueses evoluir a nível de soluções de transporte eficientes aos seus diferentes tipos de público, a curto prazo?
​Penso que, no curto prazo, falta encarar o transporte para os eventos como uma parte relevante da experiência total que o cliente vive. Assim sendo, e é essa também a nossa perspectiva, considero que o sector dos festivais sairá favorecido se os seus promotores encararem a oferta de mais e melhores soluções de transporte como sendo sempre favorecedora para o cliente final: com mais operadores, mais horários e mais oferta o cliente só pode sair a ganhar, pois terá mais alternativas de chegar aos eventos que procura.

 

Como associados, qual o papel que acham que a APORFEST poderá ajudar no vosso desenvolvimento?
​A nossa participação na APORFEST cumpre com a nossa estratégia de afirmarmos a nossa empresa como parte integrante do sector e parceiro activo no seu desenvolvimento. Esperamos poder participar de forma empenhada nas iniciativas da Associação ao longo do ano. Penso que a APORFEST desempenha uma função importante num sector nascente - a de ajudar a congregar esforços, partilhar informação e reflectir o futuro desta área de negócio.

Please reload

Notícias em destaque

Alterações ao Código de Trabalho na contratação colaboradores: Antes vs. Agora

December 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload