Artigo científico: Cálculo do comportamento do público em eventos culturais

Este estudo propõe uma abordagem alternativa para a investigação cognitiva da adesão do público ao evento. Na abordagem proposta é tida em conta a teoria da probabilidade Estocástica, e são utilizados para a real consecução do estudo dois dos modelos mais utilizados para calcular o comportamento dos consumidores: o modelo NBD e o modelo NBD – Dirichlet de modo a aumentar a precisão na previsão do comportamento e adesão do público.

Créditos: Rita Sousa Vieira (Globaile)

Para a realização deste estudo foram criados e analisados os questionários feitos a vários tipos de eventos e espaços culturais na Austrália, como por exemplo, galerias de arte, museus, jardins zoológicos e botânicos, concertos, teatros, espetáculos de dança, musicais/óperas e cinemas que comprovaram que a teoria Estocástica permite calcular e prever a adesão do público aos eventos ou espaços culturais. É então atribuído que esta teoria tem implicações no marketing destes eventos de forma a que permite calcular qual o público-alvo em que se deve investir e prever o comportamento futuro do mesmo, assim como avaliar também a eficácia das atividades de marketing tais como a promoção de preços e a sua publicidade.


Palavras-chave: Eventos Culturais, Comportamento dos consumidores, Estocástica, modelo NBD, modelo Dirichlet


G. Trinh & D. Lam (2016). Understanding the attendance at cultural venues and events with stochastic preference models. Journal of Business Research 69 (Pp 3538-3544).


*artigo original disponível aos associados (todas as modalidades)