A aproximação da maior rede social da atualidade ao mundo da música, via Tribalistas

24/08/2017

Estreou na passada terça-feira (dia 22 de Agosto), uma nova plataforma de streaming e promoção de música integrada na aplicação móvel Facebook (Android, IOS). Esta nova ferramenta inerente a uma das redes sociais mais utilizadas do mundo, foi criada em parceria com o Spotify (Plataforma de streaming de música) e com a banda Tribalistas (que passou com enorme sucesso em Portugal e em festivais, como o Sudoeste em 2003), que participou no desenvolvimento da interface de forma a adaptar a tecnologia aos músicos, partindo assim da visão de uma das maiores bandas do Brasil.

 

A ideia base da aplicação é aproximar a experiência de ter um CD físico ao streaming online de música, sendo que esta reúne num só espaço vídeos, letras, fotografias 360º, pautas, música, fichas técnicas, entre outras coisas.

 

“Apesar da grande facilidade que o consumo de música na era digital nos trouxe, ele deixou sempre a desejar aos amantes de música pela ausência das informações que antes vinham no folheto dos álbuns físicos, como as letras, fotos, as fichas técnicas. Por isso desenvolvemos o "Hand album", que torna mais completa a experiência de quem ouve música no smartphone, indo além do álbum físico por contar com as novas tecnologias", disse Marisa Monte em entrevista ao Globo.

 

Para conhecer esta novidade do facebook basta aceder via app mobile à página do artista e clicar em “reproduzir música”.

 

O "Hand album" foi desenvolvido para ser extremamente interativo e para promover ao mais alto nível os artistas, apresentando o seu trabalho com conteúdos audiovisuais apelativos e encaminhando o público para o Spotify de uma forma mais natural e apelativa. Segundo o Facebook este recurso tem o potencial de alcançar 117 milhões de pessoas, só no Brasil.

 

Por enquanto os Tribalistas são a única banda com “Hand album” mas o Facebook quer facilitar a criação destes elementos para que o projeto seja utilizado tanto por bandas consagradas como por grupos independentes neste país e fora de portas.

 

Espera-se então que esta ferramenta volte a tornar as músicas especiais (ao ter elementos que conectam as nossas emoções) e assim criar-se e dar-se valor depois aos momentos de partilha ao vivo, em concertos ou festivais.

Please reload

Notícias em destaque

TALKFEST'20 | Quarta vaga de oradores; Falta uma semana para o fim das candidaturas aos Iberian Festival Awards

November 13, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload