BUSUP – a alternativa para ir e voltar dos festivais, de forma mais económica, porta a porta e suste

Ir a um festival pode ser bastante dispendioso, pouco confortável e cansativo. Se todos fizessem as contas aos quilómetros que têm que conduzir, a gasolina que gastam, as portagens, estacionamento/parquímetro, muitas pessoas desistiriam de ir a festivais.

Nem todos os eventos possuem condições para os festivaleiros que optam por utilizar o carro próprio. Muitas vezes estes são obrigados a estacionar longe e em locais proibidos, com risco de ter uma bela multa ao voltar Mais do que isso, quando vamos a um festival é sempre para tirarmos o melhor partido de tudo: divertimo-nos à grande sem a preocupação de não podermos beber uma cerveja e estarmos cansados ao regressar a casa. A BusUp nasceu da necessidade de um operador de autocarros que viu o seu negócio a ficar ultrapassado, tendo, portanto, necessidade de modernizá-lo.


Esta plataforma, que já funciona em Espanha, Portugal e no Brasil, possibilita que os festivais possam: 1) oferecer uma opção de transporte aos festivaleiros que antes não iam por não terem um transporte à sua medida; 2) ter uma maior noção da proveniência dos seus festivaleiros; 3) aumentar a adesão ao festival, com vendas antecipadas, pois quem planeia o transporte para o festival também compra o bilhete mais cedo; 4) apostar num serviço de transporte que não acarreta preocupação logística, nem riscos financeiros.

A opção BusUp é sempre comunicada através dos festivais, de forma a conversar diretamente com o seu público, estando normalmente alojada no “Como chegar”. Trata-se de mais uma alternativa como parceiro de mobilidade dos eventos. Na verdade, somos um complemento a todas as outras opções de mobilidade que os festivais por norma já têm. O nosso target são as pessoas que não conseguem optar, de forma prática, pelo transporte público para ir ao festival, acabando por recorrer ao automóvel A grande novidade aqui é que as pessoas, independentemente do local onde vivem, podem propor que os transportem “de casa”, ou melhor, na sua cidade, indo diretamente para a porta do festival. Através da plataforma, conseguimos reunir todos os pedidos de uma determinada zona e propor uma origem que seja viável para todos. Obviamente estamos a falar de uma opção bastante digital, em que a pessoa propõe a sua rota na plataforma e, ao criarmos a mesma, as pessoas são notificadas de que já têm alternativa garantida. Todo o processo de compra é feito online, sendo o bilhete enviado por email em formato passport ou pdf.

A app da BusUp é gratuita, possibilitando que a pessoa tenha acesso ao seu bilhete eletrónico através do código do mesmo. O bilhete contém toda a informação necessária: data e hora de ida e volta do festival, contato do motorista, matrícula do autocarro, posição GPS que permite acompanhar a chegada do transporte, além do QR Code que permite o acesso ao autocarro uma vez efectuado o scan no telemóvel do motorista ou coordenador de rota. Possuímos um apoio ao cliente personalizado através do e-mail de apoio e telefone de atendimento ao público. Acreditamos que o customer care é extremamente importante.


Este ano, tivemos os nossos primeiros projetos: em Junho com o Rock in Rio-Lisboa e em Agosto com o Meo Sudoeste. Em ambos possibilitámos que o público tivesse um transporte directo desde as suas cidades até à porta dos festivais. Em Setembro trabalhámos com a Comic Con, evento internacionalmente conhecido que esteve pela primeira vez no Passeio Marítimo de Algés. Com as primeiras experiências verificamos que existem ajustes a serem feitos para melhorarmos o serviço. O horário de chegada nos eventos é tido muito em consideração pelo público e verificamos que as rotas mais longas exigem uma paragem para wc e "esticar as pernas", o que nos ensinou que teremos que incluir essa margem no tempo de viagem.

Pudemos perceber que as pessoas acabam por não usufruir tanto da app como poderiam, para verificar o local exato de paragem tanto na partida como na chegada. Isso faz com que tenhamos uma quantidade enorme de telefonemas para o nosso telefone de apoio na véspera e no próprio dia das rotas. A partir de agora tentaremos realçar a importância das pessoas fazerem download da app. Dessa forma terão a informação muito mais facilitada.


Ainda existem muitos festivais em Portugal em que a compra dos bilhetes é feita nos pontos físicos. Por essa razão, pretendemos ter comunicação junto aos pontos físicos, ou até estarmos em parceria nestes pontos para facilitarmos que o festivaleiro tenha conhecimento do nosso serviço.