Braga Summer End, a 1ªedição de um festival de fim de Verão. Entrevista: Carlos Silva (Administrador

A primeira edição do Braga Summer End ocorrerá já no próximo dia 28 de Setembro numa das mais novas e inovadoras salas de grandes espetáculos do país, o Altice Forum Braga. Este será um festival que celebrará a música dos anos 80 e 90, num evento que se pretende que encerre o verão. Falámos com Carlos Silva, atual Administrador Executivo e Membro do Conselho de Administração da InvestBraga, grupo detentor do Altice Braga Forum para nos explicar o pretendido com a realização do festival neste espaço.


APORFEST: De onde nasceu a ideia de criar um evento/festival em jeito de final de verão?

Carlos Silva: Setembro é um mês importante para o Altice Forum Braga pois é quando se celebra o aniversário da sua abertura. Este ano por ser o primeiro ainda assume mais relevância, e é nossa intenção realizar um conjunto de iniciativas que assinalem o momento. É neste contexto que surge a ideia de se realizar o Braga Summer End, uma iniciativa de remate de verão e que acompanha a celebração do primeiro aniversário do Altice Forum Braga.



Como foi feita a escolha artística?

Desde o inicio que a nossa ideia foi a de criar um evento a incidir nas décadas de 80/90 e que tendo uma componente funk, passe pelo disco e pelo pop/rock com incursões noutras linhas musicais mais atuais. Assim e com o apoio do promotor E-Pepper partimos para a identificação de artistas que se integrassem nestes géneros musicais, existindo também a preocupação de se ter um artista que fosse da vizinha Espanha (no caso os La Frontera), donde temos recebido muitos visitantes. Com este caderno de encargos partimos para diversos contatos e aqui naturalmente que a questão das agendas também teve a sua importância para a escolha final [do alinhamento].


É um aproveitamento do espaço que gerem e publicitação do mesma assim como da onda de revivalismo presente no nosso país?

Sim. O nosso espaço tem condições excecionais quer em termos técnicos, quer de conforto para a realização deste tipo de eventos. Tem vindo a afirmar-se como um dos espaços de referencia para a realização de concertos e espetáculos e com a realização deste evento pretendemos reforçar esse posicionamento, e cativar mais os promotores a realizarem os seus projetos em Braga. É um fato que atualmente se vive uma fase de revivalismo, que apanha várias gerações e para as quais faltava um evento desta natureza.


Como se diferenciará o Braga Summer End do panorama de eventos e festivais presentes no mercado português?

O nosso objetivo é o de organizar um evento completamente diferente do que existe. Daí a decisão de num só se juntarem diversos momentos, tais como jantar volante com música ao vivo, os concertos de Boney M, Cock Robin e La Frontera, e uma festa que promete durar toda a noite e que junta diversos dj´s da região norte, tudo sob