top of page

O mundo cabe novamente em Loulé para o Festival Med e a Aporfest vai lá estar

De 30 de junho (5ªfeira) até 3 de julho (domingo) ocorre o regresso do Festival Med. A 18ª edição traz ainda mais artistas, a grande maioria internacionais. A APORFEST estará a moderar a conferência no Open Day - dia de entrada livre e multidisciplinar para um público familiar.


A APORFEST estará novamente presente no evento, moderando a conferência "Sustentabilidade Ambiental nos Festivais de Música". Ao ocorrer num dos festivais que anualmente vai introduzindo inovações a nível de sustentabilidade (e.g. copo reutilizável; disponibilização papeleiras e eco-cinzeiros; distribuidores de água da rede ao longo do recinto; utilização energia fotovoltaica ao dispor dos vários espaços do recinto) importa perceber se, após esta paragem forçada de dois anos, este enfoque na sustentabilidade continua a ser primordial e qual o atual estadio no setor dos festivais. O ano de 2022 já teve a ocorrência de diversos festivais e já se podem tirar algumas conclusões nos resultados e alinhamento de expectativas criadas pelos promotores e pelo seu público e fornecedores. A nova legislação acelerou (ou não) comportamentos sustentáveis? Estarão presentes como oradores: Alexandra Teodósio (Vice-reitora da Universidade do Algarve); Carlos Carmo (Diretor Festival MED e vereador Ambiente CM Loulé); Catarina Canelas (Jornalista TVI); Verónica Guerreiro (Loulé Design Lab) e Viviane (artista musical).

Nos três primeiros dias de festival existirão 10 palcos espalhados pelo recinto. No Palco Matriz atuarão os artistas "mais consagrados" como Chico Trujillo (Chile), Anthony B (Jamaica) e Eskorzo (Espanha). Este palco estará sempre com atuações em modo circuito com os Palcos Cerca, Chafariz e Castelo de forma a que o público possa movimentar-se e conseguir assistir ao maior número de atuações possível. Apesar do enfoque na World Music, o festival potencia artistas portugueses que também se internacionalizem e que se distinguem, como Noiserv, Maro ou Criatura (projeto artístico premiado nos últimos Iberian Festival Awards). Os restantes palco mais intimistas receberão artistas ligados ao Fado, Música Clássica ou Jazz. O evento tem ainda: zona kids; espaço literatura; espaço para exposições, mostra de cinema, zona de stands e artesanato, zona de restauração e Food Court disponível em todo o seu horário de funcionamento. O público será, certamente surpreendido pelas várias atuações imersivas (e.g. comédia, teatro, fanfarras) junto do mesmo. Abaixo ficam os horários oficiais.

Contamos consigo?




Notícias em destaque
Notícias recentes
Arquivo
Procura por Tags
Segue-nos
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square