OPINIÃO: Um bengaleiro profissional para os festivais

Bengaleiro. Esta era uma palavra que eu pouco ouvia fora dos circuitos das discotecas ou aeroportos. Não me passava pela cabeça a relevância que um termo tão vulgar teria no meu dia a dia.

 

A ideia do “The Biggest Cloakroom in The World” surgiu numa viagem para Itália na qual eu atravessei a costa Italiana com o Trolley na mão, muitos AirBnb reservados e pouca programação. E este serviço foi tão útil quanto surpreendente pela forma que pensei ao preencher uma lacuna óbvia do turismo moderno. Entre os aeroportos, voos lowcost e os alojamentos locais, havia algo esquecido. Onde deixar as malas nas horas livres?

 

E foi assim que em Dezembro de 2016 abri o primeiro bengaleiro XXL do norte de Portugal. O que antes era um serviço ocasional actualmente já pode ser considerado essencial devido ao grande numero de turistas que têm chegado à região e principalmente como uma medida cautelar de segurança para os estrangeiros. Vale ressaltar que a noção de segurança dos portugueses é bastante confortável em relação aos visitantes da América e de outras grandes capitais europeias.

 

O maior bengaleiro do mundo desde a sua concepção foi pensado também para ser uma loja itinerante nos grandes eventos e aglomerações populares. Neste ano teve a sua estreia no NOS Primavera Sound e pela primeira vez um bengaleiro de um evento teve oficialmente uma marca, uma identidade. Um grande espaço de 3 contentores foi destinado para que o público do Festival pudesse guardar os seus bens. Para o festival, o The Cloakroom foi o porto seguro para deixarem as mochilas, capacetes e muitos carrinhos de bebé. Todos os clientes foram registados e nenhum incidente aconteceu entre as quase 2000 bagagens/itens que circularam entre os três dias do festival. A diferença entre a loja móvel e a loja física é essencialmente o tarifário que se ajusta a necessidade de cada público.

 

 Criámos uma forma de registo com os dados do cliente e numeração por item, que além de facilitar a logística dentro do bengaleiro, transmitia segurança aos utilizadores. O nosso serviço foi criado inclusivamente para que os clientes contem com o bengaleiro antes mesmo de chegarem à cidade. O visitante pode chegar ao evento e planear o seu regresso logo após o encerramento do mesmo.

 

São assim inúmeras as possibilidades para tornar este “luxo acessível”, um grande aliado dos eventos em Portugal. É com muita seriedade e parcerias estratégicas que queremos seguir com o  “The Biggest Cloakroom in The World”. Um simples bengaleiro. Sim, talvez esta palavra também entre no seu dia a dia como aconteceu comigo.

Please reload

Notícias em destaque

Alterações ao Código de Trabalho na contratação colaboradores: Antes vs. Agora

December 11, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload