ENTREVISTA | Francisco Quintas (diretor e fundador Festival Fenda - 1ª edição, 25-27 junho, Braga)


No meio do turbilhão atual já é possível que novas ideias e conceitos sejam postos em prática e ao dispor do público. É o que acontecerá com o Festival Fenda que se estreia, finalmente, entre os dias 25 a 27 de junho em Braga numa junção de "cultura urbana" que servirá para criar um legado e apoio a novos projetos. Falámos, por isso, com Francisco Quintas, o seu diretor e fundador da Cosmic Burger, entidade que suporta o festival.

1.No final do mês ocorrerá a 1ª edição do Festival Fenda. Em que consiste? O FENDA é um festival que celebra todas as formas de arte e cultura urbana. Música, ilustração, escultura, design, realidade aumentada, são algumas das expressões artísticas que estão presentes no programa desta primeira edição. Queremos desmistificar aquela ideia pré-concebida de que cultura urbana ou arte urbana é exclusivamente pintura de mural. Existe todo um ecossistema artístico ligado ao fenómeno urbano e é nisso em que nos queremos focar.

2.Como foram as vossas escolhas no que se cinge à programação? Na componente musical, tentamos criar um programa que espelhasse um pouco a nova geração de criadores que temos na cidade de Braga, com coletivos e artistas l