4 pontos que identificam o profissionalismo nos festivais

Nos últimos anos, a indústria dos festivais de música realizou várias melhorias resultando no aumento do seu profissionalismo a nível global - entre promotores, num 1º nível, e todos os que lidam nesta esfera.


Com estas mudanças e avanços vem um aumento de responsabilidade para fornecer ao público um padrão de qualidade cada vez maior a um dado evento, com o fim de atender às expectativas igualmente crescentes do público. Isto significa que os promotores/organizadores de um festival devem exigir e obter referências ao decidir e escolher os seus prestadores de serviços.


Um aspeto que cresce de importância na infraestrutura de festivais é a qualidade dos seus audiovisuais, já não basta ter um palco e colunas para o som soar alto. Um festival que cresce em tamanho e reputação, tem de ter o seu cerne (luz e som) digno dos artistas que lá receber. Muitos festivais atualizam e melhoram os seus sistemas nesta área de forma melhorar a performance dos artistas e ir ao encontro das elevadas expectativas do seu público. No Primavera Sound Barcelona, por exemplo, nas últimas edições a atualização de som Bowers & Wilkins ajudam a criar uma ligação mais próxima entre o DJ e o público criando um som imersivo, enquanto no Boom Festival são muitos aqueles que vão, com o intuito principal de escutar uma determinada tipologia de som que lá é realizado num dos