Uma Porta que mexe com a área cultural de Leiria. Entrevista: Gui Garrido (Diretor Festival A Porta)

Existem cada vez mais festivais que se propõem a dar vidas a municípios, fora dos grandes centros urbanos - estes mexem com os seus agentes culturais, com os seus residentes e comprometem-se a fazer dos mesmos aglutinadores de programação com características únicas que permitem trazer outros públicos e fidelizar os que lá moram. São estas as premissas do Festival A Porta que vai para a sua 4ª edição e se tornou num evento de âmbito nacional que extravasou fronteiras, sem pedir licença. Falámos com um dos seus responsáveis, Gui Garrido.