Artigo Científico: Extrair e prever trajetórias de carreira dos artistas musicais

28/06/2018

Muitos músicos, desde os novatos aos já estabelecidos, dependem muito de conseguirem atuar ao vivo para promover e disseminar a sua música. Para anunciar concertos estes utilizam muitas vezes plataformas que simplificam o processo de partilha de informação para os seus fãs conseguirem acompanhar e seguir onde e a que horas vão atuar. Este estudo verifica e tenta perceber se os dados digitais destas plataformas (e.g. Songkick) permitirão compreender e prever a trajetória da carreira dos artistas. Em primeiro lugar, será apresentado um conjunto de dados construído pela análise dessas plataformas e assim prever qual a melhor decisão a tomar num determinado momento: assinar por uma editora discográfica mundial ou atuar numa determinada sala de espetáculos? Em segundo, realiza-se a correlação entre artistas, salas de espetáculos e eventos de modo a medir-se onde se identifica o sucesso a longo prazo.

 Créditos: Alfredo Matos (Vodafone Mexefest'2016)

 

As análises identificaram diferenças nos resultados dependentes do género dos artistas ou de género em maior número na composição das bandas e também que em cada região geográfica as regras para o sucesso e longo prazo, a nível musica, na construção de uma carreira diferem claramente.

 

Palavras-Chave: Redes; Arte e música; Carreira artística

 

Arakelyan, S. et al. (2018). Mining and Forecasting Career Trajectories of Music Artists. USC - Information Sciences Institute, Baltimore, USA.

 

*Este e os mais recentes artigos científicos originais estão disponíveis aos associados (modalidades: profissionais e empresa/festival)  na área reservada.

Please reload

Notícias em destaque

Iberian Festival Awards 2020 | Candidaturas terminam amanhã. Saiba a que categorias se pode submeter

November 21, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload