BUSUP – a alternativa para ir e voltar dos festivais, de forma mais económica, porta a porta e sustentável

Ir a um festival pode ser bastante dispendioso, pouco confortável e cansativo. Se todos fizessem as contas aos quilómetros que têm que conduzir, a gasolina que gastam, as portagens, estacionamento/parquímetro, muitas pessoas desistiriam de ir a festivais.


Nem todos os eventos possuem condições para os festivaleiros que optam por utilizar o carro próprio. Muitas vezes estes são obrigados a estacionar longe e em locais proibidos, com risco de ter uma bela multa ao voltar Mais do que isso, quando vamos a um festival é sempre para tirarmos o melhor partido de tudo: divertimo-nos à grande sem a preocupação de não podermos beber uma cerveja e estarmos cansados ao regressar a casa. A BusUp nasceu da necessidade de um operador de autocarros que viu o seu negócio a ficar ultrapassado, tendo, portanto, necessidade de modernizá-lo.

 

Esta plataforma, que já funciona em Espanha, Portugal e no Brasil, possibilita que os festivais possam:
1) oferecer uma opção de transporte aos festivaleiros que antes não iam por não terem um transporte à sua medida;
2) ter uma maior noção da proveniência dos seus festivaleiros;
3) aumentar a adesão ao festival, com vendas antecipadas, pois quem planeia o transporte para o festival também compra o bilhete mais cedo;
4) apostar num serviço de transporte que não acarreta preocupação logística, nem riscos financeiros.


A opção BusUp é sempre comunicada através dos festivais, de forma a conversar diretamente com o seu público, estando normalmente alojada no “Como chegar”. Trata-se de mais uma alternativa como parceiro de mobilidade dos eventos. Na verdade, somos um complemento a todas as outras opções de mobilidade que os festivais por norma já têm. O nosso target são as pessoas que não conseguem optar, de forma prática, pelo transporte público para ir ao festival, acabando por recorrer ao automóvel A grande novidade aqui é que as pessoas, independentemente do local onde vivem, podem propor que os transportem “de casa”, ou melhor, na sua cidade, indo diretamente para a porta do festival. Através da plataforma, conseguimos reunir todos os pedidos de uma determinada zona e propor uma origem que seja viável para todos. Obviamente estamos a falar de uma opção bastante digital, em que a pessoa propõe a sua rota na plataforma e, ao criarmos a mesma, as pessoas são notificadas de que já têm alternativa garantida. Todo o processo de compra é feito online, sendo o bilhete enviado por email em formato passport ou pdf.


A app da BusUp é gratuita, possibilitando que a pessoa tenha acesso ao seu bilhete eletrónico através do código do mesmo. O bilhete contém toda a informação necessária: data e hora de ida e volta do festival, contato do motorista, matrícula do autocarro, posição GPS que permite acompanhar a chegada do transporte, além do QR Code que permite o acesso ao autocarro uma vez efectuado o scan no telemóvel do motorista ou coordenador de rota. Possuímos um apoio ao cliente personalizado através do e-mail de apoio e telefone de atendimento ao público. Acreditamos que o customer care é extremamente importante.

 

Este ano, tivemos os nossos primeiros projetos: em Junho com o Rock in Rio-Lisboa e em Agosto com o Meo Sudoeste. Em ambos possibilitámos que o público tivesse um transporte directo desde as suas cidades até à porta dos festivais. Em Setembro trabalhámos com a Comic Con, evento internacionalmente conhecido que esteve pela primeira vez no Passeio Marítimo de Algés. Com as primeiras experiências verificamos que existem ajustes a serem feitos para melhorarmos o serviço. O horário de chegada nos eventos é tido muito em consideração pelo público e verificamos que as rotas mais longas exigem uma paragem para wc e "esticar as pernas", o que nos ensinou que teremos que incluir essa margem no tempo de viagem.


Pudemos perceber que as pessoas acabam por não usufruir tanto da app como poderiam, para verificar o local exato de paragem tanto na partida como na chegada. Isso faz com que tenhamos uma quantidade enorme de telefonemas para o nosso telefone de apoio na véspera e no próprio dia das rotas. A partir de agora tentaremos realçar a importância das pessoas fazerem download da app. Dessa forma terão a informação muito mais facilitada.

 

Ainda existem muitos festivais em Portugal em que a compra dos bilhetes é feita nos pontos físicos. Por essa razão, pretendemos ter comunicação junto aos pontos físicos, ou até estarmos em parceria nestes pontos para facilitarmos que o festivaleiro tenha conhecimento do nosso serviço.


Seguem alguns dados estatísticos dos nossos primeiros dois pilotos em festivais:
Evento: ROCK IN RIO - LISBOA
Datas: 23-24 e 29-30 de Junho
Bilhetes vendidos: 952
Ocupação dos autocarros: 100%
Shuttles curta distancia (com origem nos centros comerciais): 60%

 

Evento: MEO SUDOESTE
Datas: 4, 7 e 12 de Agosto
Bilhetes vendidos: 356
Ocupação dos autocarros: 100%

 

Consideramos que uma mais valia que temos é o atendimento personalizado aos clientes e faremos sempre tudo para que os mesmos estejam satisfeitos com o serviço prestado. Uma das situações mais engraçadas que tivemos até ao momento foi no Rock in Rio - dias antes do festival fomos contactados por uma Mãe sobre a possibilidade dos seus filhos viajarem connosco mesmo sendo menores de idade. Dado que foi a própria a fazer esse pedido, achamos que não haveria qualquer problema, desde que existisse um termo de responsabilidade por parte do encarregado de educação. Da nossa parte faríamos todo o acompanhamento aos seus filhos. Os adolescentes viajaram com a BusUp desde Cascais. Como seria de prever, a Mãe esteve sempre em contacto connosco durante a viagem e entramos em contacto após a chegada ao recinto. Conseguimos tranquilizá-la, pois teve hipótese de acompanhar cada passo dos filhos através de nós. Após algumas horas e quase no fim de um dia super divertido para aqueles dois adolescentes, fomos novamente contactados pela Mãe já que agora seria a parte mais complicada, a volta para Cascais. Num evento com milhares de pessoas e a saírem ao mesmo tempo, é normal que tenhamos alguns cuidados nestas situações. Para tranquilizar a Mãe, fizemos vários contactos por telemóvel com os seus filhos para verificar se estava tudo a correr bem. Combinamos o local para que uma coordenadora da BusUp os pudesse encaminhar desde o pórtico até ao local de paragem do nosso autocarro. Já de madrugada entrámos em contacto com a Mãe e indicámos que os seus filhos estavam no autocarro. Estava estampado no rosto deles o divertimento e transmitiam uma alegria imensa por terem participado no seu primeiro festival, e com um serviço porta a porta e personalizado. O dia terminou para aqueles dois jovens, já exaustos e felizes. A Mãe, satisfeita por tudo ter corrido bem e transmitiu sempre um enorme agradecimento por todo o serviço prestado pela
marca. Chegaram ao seu destino já de madrugada onde estava a Mãe à espera com o smartphone na mão e com a app da BusUp a ver o trajeto do autocarro onde ia os seus filhos para de seguida voltarem para casa depois de um dia que certamente nunca irão esquecer.


Em Outubro estivemos presentes no Villamix Lisboa, evento bastante reconhecido no Brasil e que teve a sua primeira edição em Portugal, na Altice Arena.

 

Em termos globais, a BusUp está presente em mais de 20 festivais, para além dos já citados, tais como o Rototom (Espanha), Villamix São Paulo e Lollapalooza (Brasil), entre outros. O negócio da BusUp não se cinge apenas aos festivais. Também estamos presentes noutros segmentos, como os centros empresariais (Lagoas Park e Taguspark) e a Nova SBE de Carcavelos, onde também possibilitamos um melhor acesso a todos que ali estudam ou trabalham.


O nosso objetivo para 2019 será aumentar a nossa presença em mais festivais e eventos que pretendam complementar a sua oferta de transporte com uma proposta premium.

Please reload

Notícias em destaque

Iberian Festival Awards 2020 | Candidaturas terminam amanhã. Saiba a que categorias se pode submeter

November 21, 2019

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

Arquivo
Please reload